EcoNews

Renascença da Paraíba para o Mundo

A artesã paraibana Dorinha Ramos esteve no Qatar, nos Emirados Árabes, para divulgar a renda renascença no Oriente Médio. Esse tipo de renda é feito manualmente, sua trama é executada a partir de um desenho riscado em papel-manteiga, fixado em almofada e executada com agulha comum, utilizando linha e lacê (fita de algodão que une as tramas).

Para encantar a cidade sede da Copa do Mundo de 2022, Dorinha Ramos levou cerca de 100 peças, entre vestuários e artigos de cama, mesa e banho, para a exposição que aconteceu no Centro de Doha, do dia 5 ao dia 12 de novembro. A cidade é o principal centro econômico, cultural e financeiro do país e conta com quase 1 milhão de habitantes.

dorinha 2

 

DORINHA-ARTESÃ

Dorinha trabalha com renda renascença há 40 anos e há 8 anos criou o Ateliê Renascença de São Sebastião do Umbuzeiro. Hoje, a associação reúne quase 50 mulheres do Cariri que vivem do artesanato.

Cruzar as fronteiras da Paraíba e do Brasil para expor o trabalho que fazem com tanta dedicação é fonte de orgulho para nossos artesãos, e Dorinha conhece bem essa sensação. Ano passado, ela participou da mostra “Mulher Artesã Brasileira”, na sede da ONU em Nova York (EUA).

Sucesso para Dorinha, o Ateliê Renascença e todos os artesãos que fazem seus trabalhos com muito amor!

 

 

*Redação com contribuições de Governo da Paraíba e G1 Paraíba.

Deixe um comentário para Iolanda Freitas Cancelar resposta

1 Comments

Iolanda Freitas - 23. Jun, 2015 - Reply

Eu amo estas rendas vem ficar aqui comigo em campinas beijos